Passar para o Conteúdo Principal
Português|English
a vida de movimento

Notícias do Metro do Porto

Metro do Porto com EBIDTA positivo de 13 milhões em 2016

24 Julho 2017

Metro do Porto com EBIDTA positivo de 13 milhões em 2016

Rc2016 site 1 980 2500

Relatório e Contas hoje aprovado apresenta taxa de cobertura de 110%

Em 2016, a Metro do Porto teve o seu melhor ano de sempre, desde a sua entrada em funcionamento, no final de 2002. Maior procura, maior receita, menores custos, melhores resultados operacionais e líquidos. Várias marcas inéditas alcançadas num exercício que contabiliza mais de 58 milhões de clientes transportados e um exercício positivo de 13 milhões de euros (EBIDTA, resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações).

Segundo os dados do Relatório de Contas de 2016, aprovado esta segunda-feira, dia 24 de julho, em Assembleia-geral de acionistas, a receita anual da Metro do Porto ultrapassou os 42 milhões de euros. Em contraposição, os custos operacionais sofreram uma redução de 1,8%, face ao ano anterior, aproximando-se dos 38 milhões de euros. Assim, a taxa de cobertura, calculada pelo rácio entre os dois indicadores, atingiu os 110,6%, um novo record para a Metro do Porto, 4.6 pontos percentuais acima do anterior registo.

O ano ficou marcado pelo registo de um EBITDA anual positivo de 13 milhões de euros, um crescimento de 130% face ao alcançado anteriormente e resultado sem precedentes na história da empresa. Numa perspetiva global, realça-se ainda a progressão de 56,2% nos resultados operacionais cujo valor se aproximou dos 44 milhões de euros negativos. As melhorias estenderam-se, igualmente, aos resultados líquidos, inferiores em 29,6% a 2015, atingiram os -136,6 milhões de euros.

Como prestadora de um serviço público, a Metro do Porto deve o bom desempenho financeiro, em larga medida, à confiança dos 58 milhões de clientes transportados em 2016, mais 0,4% do que em 2015. Segundo o inquérito de satisfação, realizado anualmente, cerca de 85% destes clientes estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o serviço e 98% considera-o uma mais valia para a sociedade.

Relatório e Contas 2016