Passar para o Conteúdo Principal
Português|English
a vida de movimento

Routes of Metro do Porto

Informação

24 Janeiro 2020

Informação

Tt site 1 980 2500

Atendendo às notícias relativas ao funcionamento dos veículos Tram-train, que são susceptíveis de provocar preocupação e alarmismo, cumpre à Metro do Porto esclarecer o seguinte:

1. A segurança dos clientes é um valor absoluto da Metro do Porto, sendo totalmente inegociável. A segurança da operação da rede sempre esteve, está e estará totalmente assegurada pelo elevado padrão de exigência que colocamos e do qual não abdicamos. O Metro do Porto transporta mais de 250 mil pessoas por dia, mais de 5 milhões por mês, mais de 70 milhões por ano e obriga-se a um compromisso de confiança total com os seus clientes.

2. Qualquer veículo que não se encontre em totais condições para poder circular, que necessite de ser reparado ou apenas inspeccionado, não circula e não é afecto à operação diária. Mesmo que isso leve a condicionamentos e provoque transtornos junto dos clientes, como se tem vindo a verificar linhas Vermelha (B) e Verde (C). A qualidade do serviço aos clientes é o principal objectivo. Mas a segurança, sublinha-se, é um valor absoluto e é inegociável.

3. Todas as intervenções na frota de material circulante do Metro do Porto são efectuadas por equipas altamente competentes, compostas por profissionais certificados e comprovadamente habilitados e experimentados, no âmbito do contrato de subconcessão para a operação e manutenção vigente com a Via Porto e, também neste quadro e subsidiariamente, com a EMEF/CP.

4. Quanto à situação detectada nos patins electromagnéticos dos veículos Tram-train há cerca de um ano e após uma primeira e criteriosa avaliação, foram tomadas, logo no início de 2019, uma série de acções com vista à sua resolução. Essas acções foram reforçadas por outras, adicionais, decorrentes de um estudo encomendado ao INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Industrial da Universidade do Porto, para investigação às causas da falha e à sua efectiva resolução.

5. A Metro do Porto estima que até ao final do mês de Janeiro a questão dos patins electromagnéticos esteja definitivamente solucionada em todos os 30 veículos da frota Tram-train, podendo ser levantadas as limitações de velocidade e as acções inspectivas que foram anteriormente impostas, sempre em escrupuloso cumprimento de todas as normas ferroviária e de toda a regulação do sector.