Passar para o Conteúdo Principal
Português|English
a vida de movimento

Notícias do Metro do Porto

Metro do Porto preside ao Comité de Metros Ligeiros da UITP

18 Março 2011

Metro do Porto preside ao Comité de Metros Ligeiros da UITP

20110318130524250332 1 980 2500
União Internacional do Transporte Público tem primeiro presidente português

A União Internacional do Transporte Público, UITP, tem, pela primeira vez, um português na presidência de uma das suas estruturas de Governo. João Rebelo, Director do Departamento de Sistemas Técnicos da Metro do Porto, acaba de ser eleito Presidente do Comité de Metros Ligeiros daquela organização de âmbito mundial. Durante os próximos dois anos, o Metro do Porto estará à cabeça das grandes orientações estratégicas em matéria de metros de superfície.

Na reunião electiva que teve lugar em Nápoles, Itália, no dia 11 de Março, João Rebelo, 54 anos, engenheiro electrotécnico e quadro do Metro do Porto desde 2001 foi, por unanimidade, eleito Presidente do Comité de Metros Ligeiros UITP, com sede em Bruxelas, e que é comummente considerada as «Nações Unidas» dos Transportes Públicos – a UITP tem 3.400 membros (operadores de transportes, governos e autarquias, fabricantes), em 92 países.

Para o Metro do Porto, o reconhecimento internacional da sua actividade e do desempenho de João Rebelo é muito importante. Para além de ter já recebido, em 2007, o Prémio UITP de «Melhor Novo Sistema de Metro Ligeiro», o Metro do Porto consegue, pela primeira vez em 33 anos, eleger um representante português para a presidência do Comité de Metros Ligeiros. Esta é, aliás, a primeira vez que Portugal lidera um organismo de topo da União (cargos usualmente ocupados por representantes de países do centro da Europa).

João Rebelo substitui George Drechsler, do Metro de Bremen, na Alemanha, e tem como vice-presidente Stephan Lewisch, do Metro de Viena, Áustria. O mandato é de dois anos renováveis por mais dois, ao longo dos quais o Comité definirá as grandes orientações de política estratégica para o sector, procurando consolidar a tendência de expansão dos sistemas de metro de superfície em todo o mundo. Paralelamente, o Comité tem como missão contribuir para uma visão global sobre diversos os aspectos do transporte público, nomeadamente os que se relacionam com a qualidade de vida das populações que serve.

O Comité de Metros Ligeiros é uma das cinco Divisões de Modos de Transporte da UITP e foi criado em 1978. Conta actualmente com 38 membros efectivos, em representação de outras tantas empresas de transportes públicos. Fazem ainda parte do Comité de Metros Ligeiros da UITP 11 observadores, em representação da Industria e Consultores. No total encontram-se representados 26 países, maioritariamente da Europa, mas também o Canadá, Estados Unidos da América, Austrália e China/Hong Kong.