Passar para o Conteúdo Principal
Português|English
a vida de movimento

Notícias do Metro do Porto

Metro e Sindicato juntos no combate à sinistralidade

14 Abril 2021

Metro e Sindicato juntos no combate à sinistralidade

1618423732041 1 980 2500

As duas entidades celebraram hoje um protocolo no âmbito das obras de expansão da rede 

A Metro do Porto e o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção e Madeiras, Mármores e Pedreiras, Cerâmicas e Materiais de Construção de Portugal uniram forças para garantir a sinistralidade zero nas obras de expansão da rede do Metro, num acordo assinado esta manhã. Esta é uma notícia que adquire particular relevância tendo em conta que, nestes trabalhos, estarão envolvidos milhares de trabalhadores e que, ao mesmo tempo, atesta mais uma vez o compromisso da empresa com a total segurança dos que com ela colaboram.

Deste modo, ambas as entidades assumem, entre outros pontos acordados, desenvolver os melhores esforços, no sentido de que nas empreitadas das novas linhas (como de outras) a cargo do consórcio Ferrovial/ACA, possam ser permanentemente observados por todos os trabalhadores as Normas de Higiene e Segurança no Trabalho em vigor. 

Tiago Braga, presidente do Conselho de Administração da Metro do Porto, fez questão de explicar e salientar a importância deste protocolo: “Queremos dar o exemplo na relação com os trabalhadores envolvidos nesta empreitada. Estamos todos a remar para o mesmo lado. Este protocolo é muito importante para criar condições de trabalho saudáveis, em todas as dimensões”. O presidente da Metro do Porto garantiu ainda que “o objetivo é a sinistralidade zero” e que a empresa irá, em conjunto com o parceiro sindical, “criar todas as condições para que essa meta seja alcançada”. 

Do lado do sindicato, Albano Ribeiro, o presidente, manifestou igualmente a sua satisfação e desejou que tudo corra da melhor forma, à semelhança do que aconteceu no passado: “As obras da segunda fase são diferentes da primeira fase do Metro do Porto, que correu muito bem. Temos todos a responsabilidade de fazer com que desta vez corra também muito bem. Está no ADN do sindicato trabalhar para isso - somos um parceiro social envolvido e exigente”.      

img_20210414_wa0007